Tempo

polaroid

Dias atras parei para pensar um pouco na vida e percebi o quanto o tempo voa e, nem sempre da maneira mais fácil, suave, nós aprendemos com ele. De repente estamos crescidos. Com responsabilidades, obrigações sobre coisas que se quer conhecíamos  Somos outra pessoa. Formamos novas opiniões, convicções. Não, não é fácil pensar em coisas que antes não faziam parte da nossa rotina. Fatos que antes não existiam.
Agora a palavra de ordem é prioridades. Pensar e repensar escolhas. Pensar sobre o que fazemos e as consequências dessas ações. Agradar aos outros ou buscar dar o nosso melhor para nós mesmos? Temos sempre um etapa nova. Uma fase a se vencer. Cedo ou tarde ela chega. E as vezes é mais rápido do que pensamos ou esperamos. A verdade é que  sinto saudades do antes.

Beijos,

Maiara

Anúncios

A gente se engana…

Às vezes a gente se engana…

Os olhos se enganam, o cérebro se engana, o coração se engana.

Os pés seguem o caminho errado,

os braços abraçam quem não quer ser abraçado.

 

Eu me engano, sou enganada.

O pior disso é quando você descobre o erro,

quando vê seu castelo de sonhos desmoronando e

não pode fazer nada. Porque é mais fácil se apegar

ao impalpável, quando o que está na sua frente te faz chorar.

 

Esse momento de volta a realidade machuca. Dói mesmo.

Mas, será que a anestesia que a fantasia nos dá também não

nos impede de viver?

 

Agora que o efeito anestésico que viveu em mim por tanto tempo passou,

eu vejo melhor o mundo. Percebo em quem eu posso confiar,

quem devo ter um “pé atrás”.

Here I go again…

 

texto retirado do blog About Dreams…

achei que super combina com

o que estou sentindo agora…

19/04

Se tivesse acreditado nas minhas brincadeiras de dizer verdades, teria ouvido verdades que insisto em dizer brincando…

Falei muitas vezes como um palhaço, mas nunca desacreditei da seriedade da platéia que sorria…